July 22, 2024 Araxá-Minas Gerais

SOBRE A PEC 241

Brasília-DF, 27 de outubro de 2016
P –  Nº. 0698/16

NOTA DA CNBB SOBRE A PEC 241

“Não fazer os pobres participar dos próprios bens é roubá-los e tirar-lhes a vida.”
(São João Crisóstomo, século IV)

O Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB, reunido em Brasília-DF, dos dias 25 a 27 de outubro de 2016, manifesta sua posição a respeito da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016, de autoria do Poder Executivo que, após ter sido aprovada na Câmara Federal, segue para tramitação no Senado Federal.

Apresentada como fórmula para alcançar o equilíbrio dos gastos públicos, a PEC 241 limita, a partir de 2017, as despesas primárias do Estado – educação, saúde, infraestrutura, segurança, funcionalismo e outros – criando um teto para essas mesmas despesas, a ser aplicado nos próximos vinte anos. Significa, na prática, que nenhum aumento real de investimento nas áreas primárias poderá ser feito durante duas décadas. No entanto, ela não menciona nenhum teto para despesas financeiras, como, por exemplo, o pagamento dos juros da dívida pública. Por que esse tratamento diferenciado?

A PEC 241 é injusta e seletiva. Ela elege, para pagar a conta do descontrole dos gastos, os trabalhadores e os pobres, ou seja, aqueles que mais precisam do Estado para que seus direitos constitucionais sejam garantidos. Além disso, beneficia os detentores do capital financeiro, quando não coloca teto para o pagamento de juros, não taxa grandes fortunas e não propõe auditar a dívida pública.

A PEC 241 supervaloriza o mercado em detrimento do Estado. “O dinheiro deve servir e não governar! ” (Evangelii Gaudium, 58). Diante do risco de uma idolatria do mercado, a Doutrina Social da Igreja ressalta o limite e a incapacidade do mesmo em satisfazer as necessidades humanas que, por sua natureza, não são e não podem ser simples mercadorias (cf. Compêndio da Doutrina Social da Igreja, 349).

A PEC 241 afronta a Constituição Cidadã de 1988. Ao tratar dos artigos 198 e 212, que garantem um limite mínimo de investimento nas áreas de saúde e educação, ela desconsidera a ordem constitucional. A partir de 2018, o montante assegurado para estas áreas terá um novo critério de correção que será a inflação e não mais a receita corrente líquida, como prescreve a Constituição Federal.

É possível reverter o caminho de aprovação dessa PEC, que precisa ser debatida de forma ampla e democrática. A mobilização popular e a sociedade civil organizada são fundamentais para superação da crise econômica e política. Pesa, neste momento, sobre o Senado Federal, a responsabilidade de dialogar amplamente com a sociedade a respeito das consequências da PEC 241.

A CNBB continuará acompanhando esse processo, colocando-se à disposição para a busca de uma solução que garanta o direito de todos e não onere os mais pobres.

Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, continue intercedendo pelo povo brasileiro. Deus nos abençoe!

Dom Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília
Presidente da CNBB

Dom Murilo S. R. Krieger, SCJ
Arcebispo de São Salvador da Bahia
Vice-Presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner, OFM
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-Geral da CNBB

 

Notícias relacionadas

Papa: em novembro, rezar pelo diálogo e a reconciliação no Oriente Médio

novembro 6, 2019

novembro 6, 2019

Cidade do Vaticano O diálogo e a reconciliação no Oriente Médio estão na intenção de oração do Papa Francisco para...

Aviva Araxá

julho 11, 2019

julho 11, 2019

Evento católico será no Gran Hall e deve reunir mais de 800 pessoas entre os dias 13 e 14 de...

Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade

novembro 19, 2018

novembro 19, 2018

No dia 20 de novembro, terça-feira, acontecerá no Centro de Evangelização e Catequese, o estudo do documento nº 105 da...

Segundo Domingo da Páscoa – Jo 20, 19-31 – 08 de abril de 2018

abril 6, 2018

abril 6, 2018

Algo que parece já fazer parte de nossa filosofia de vida é, dentro do bojo dos ditos populares, é a...

Programação – Festa do Espírito Santo de Deus

maio 12, 2018

maio 12, 2018

Festa do Espírito Santo de Deus De 11 a 20 de maio de  2018 Horários de Missas Segunda a sexta:...

Papa Francisco completa 82 anos

dezembro 18, 2018

dezembro 18, 2018

Passaram-se 82 anos desde o 17 de dezembro de 1936, dia do nascimento em Buenos Aires de Jorge Mario Bergoglio....

Quarto Domingo da Páscoa – Jo 10, 11-18 – 22 de abril de 2018

abril 19, 2018

abril 19, 2018

Este domingo recebe uma denominação peculiar: o domingo do bom pastor. Outra menção desse domingo é o chamado par que...

11º Domingo do Tempo Comum – Mc 4, 26-34 – 17 de junho de 2018

junho 16, 2018

junho 16, 2018

Jesus veio ao mundo com a missão de implantar o Reinado de Deus. Toda a sua vida e suas atitudes...

Reunião com a pastoral da catequese

março 16, 2018

março 16, 2018

Aconteceu no dia 14 de março no Centro de evangelização da Paróquia São Domingos, a primeira reunião entre a Pastoral...

Domingo de Ramos e Domingo da Paixão – Mc 15, 1-39 – 25/03/18

março 27, 2018

março 27, 2018

Esta celebração, como a temos atualmente, é proveniente da tradição tanto das Igrejas Orientais como da Igreja Ocidental. O rito...

Papa envia saudação aos brasileiros no dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil

outubro 12, 2019

outubro 12, 2019

No dia de Nossa Senhora Aparecida (12/10), a padroeira do Brasil, o Papa Francisco fez questão de registrar uma mensagem...

Domingo de Páscoa – Jo 20, 1-9 – 01 de abril 2018

março 30, 2018

março 30, 2018

Jesus Ressuscitou, Aleluia Esse texto do Evangelho tem algumas características que vale a pena serem observadas. A primeira delas é...

Encontro do grupo de mães que oram pelos filhos

junho 15, 2019

junho 15, 2019

Tarde de formação no dia 16 de junho/2019 as 13h no Centro de Evangelização da Paróquia São Domingos de Gusmão...

Flores para Nossa Senhora

maio 12, 2018

maio 12, 2018

Caros irmãos e irmãs paroquianos da Igreja Matriz de São Domingo de Gusmão. Há uns 22 anos atrás, Agar de...

Solenidade de Cristo Rei

novembro 26, 2018

novembro 26, 2018

A Solenidade de Cristo Rei, celebrada neste domingo (25), marca o fim do Ano Litúrgico da Igreja Católica, na 34ª...