February 24, 2024 Araxá-Minas Gerais

Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo – Jo 18, 33b-37 – 25 novembro 2018

Hoje celebramos a solenidade de Cristo, Rei do Universo. Com esta solenidade encerramos o Ano Litúrgico, como também coroamos a ano dedicado ao laicato. O Concílio Vaticano II lembra-nos que os leigos são “cristãos que estão incorporados em Cristo pelo Batismo, que formam o povo de Deus e participam das funções de Cristo: sacerdote, profeta e rei, Realizam, segundo sua condição, a missão de todo povo cristão na Igreja e no mundo” (LG 31; DA 209). Nesta celebração estamos sendo incentivados a apresentar ao Senhor Jesus, que é servo e servidor, nossa vocação batismal. Somos todos sujeitos eclesiais. Como sal da terra e luz do mundo assumimos nossa missão de construtores do Reino de Deus.

O texto do Evangelho, proposto para nós no dia de hoje, está no centro da narração do julgamento de Jesus. Duas coisas estão patentes nestes versículos. O primeiro sublinha a realeza de Cristo e seu poder universal sobre todas as coisas. Em segundo lugar revela o amor incondicional de Deus e de seu Filho que se entrega totalmente à vontade do Pai.

No episódio deste trecho do evangelho, Pilatos deixa seu lugar no pretório e se dirige a Jesus para perguntar sobre sua realeza.

Pilatos não quer tirar nenhuma dúvida a respeito de Jesus. É uma curiosidade dele? Está sendo apenas irônico? Jesus tem certeza de sua condição régia. Para Pilatos Jesus é apenas rei no sentido religioso. No curto diálogo percebe-se que ser “rei dos judeus” torna-se a acusação principal apresentada pelos sumos sacerdotes e pelo povo. Para o procurador romano, Pilatos, esse argumento é muito fraco para considerar aquele prisioneiro um criminoso.

Um elemento rico é expresso por Jesus: ele veio dar testemunho da verdade. Essa verdade que na cultura grega pode ser entendida como o desvelamento do que estava oculto. Ainda não visto e percebido com clareza. Estaria, portanto, revelando ou dando testemunho de um mistério, da realeza do Pai. Dentro da cultura hebraica, esse termo assume o sentido de fidelidade. A paixão e morte de Jesus revelam a fidelidade de Deus às promessas, que a instalação do seu Rei, manifestação de sua ação salvífica na história.

Notícias relacionadas

13º Domingo do Tempo Comum – Solenidade de São Pedro e São Paulo Mt 16, 13-19 – 01 de julho de 2018

junho 29, 2018

junho 29, 2018

A identificação comum que temos dessa festa é como o dia do papa, sucessor de Pedro. Mas celebramos também Paulo,...

Domingo de Páscoa – Jo 20, 1-9 – 01 de abril 2018

março 30, 2018

março 30, 2018

Jesus Ressuscitou, Aleluia Esse texto do Evangelho tem algumas características que vale a pena serem observadas. A primeira delas é...

Feliz dia das Mães

maio 10, 2020

maio 10, 2020

Homenagem do nosso pároco Pe. Francisco as mães.

3º Domingo do Tempo Comum – Lc 1, 1-4. 4, 14-21 – 27 Janeiro 2019

janeiro 27, 2019

janeiro 27, 2019

No texto do Evangelho desse domingo nós nos encontramos diante de um programa concreto de Jesus. O evangelista Lucas, depois...

18º Domingo do Tempo Comum – Jo 6, 24-35 – 05 de agosto de 2018

agosto 4, 2018

agosto 4, 2018

No domingo passado encontramos Jesus e seus discípulos diante de uma multidão necessitada de alimento. No gesto de partilha de...

2º Domingo do Advento – Lc 3, 1-6 – 09 dezembro 2018

dezembro 16, 2018

dezembro 16, 2018

A liturgia de nosso segundo domingo do Advento tem como que um fio condutor o anúncio da Salvação. Em resumo...

1º Domingo do Advento – Lc 21, 25-28. 34-36 – 02 dezembro 2018

dezembro 4, 2018

dezembro 4, 2018

Chegamos ao limiar de mais um ano eclesiástico. É a graça de Deus nos abrindo à frente. É o chamado...

Ascensão do Senhor – Mc 16, 15-20 – 13 de maio de 2018

maio 12, 2018

maio 12, 2018

Durante a vida pública de Jesus, os apóstolos e outros discípulos – homens e mulheres – tiveram a oportunidade de...

3ºDomingo do Advento – Lc 3, 10-18 – 16 dezembro 2018

dezembro 16, 2018

dezembro 16, 2018

A característica central da Liturgia da Palavra desse domingo está expressa na segunda leitura. Trecho da carta de Paulo aos...

Batismo do Senhor – Lc 3, 15-16. 21-22 – 13 Janeiro 2019

janeiro 16, 2019

janeiro 16, 2019

Liturgicamente chegamos à última festa do chamado ciclo natalino. É a festa do Batismo do Senhor. Ao vir ao mundo...

Pastoral da Catequese

junho 20, 2018

junho 20, 2018

Iniciação de vida Cristã. Terminou agora no início do mês de junho os encontros com as famílias da Iniciação de...

16º Domingo do Tempo Comum – Mc 6, 30-34 – 22 de julho de 2018

julho 21, 2018

julho 21, 2018

No tempo de Jesus o tema das ovelhas sem pastor é algo gritante. Percebe-se que tanto no âmbito da religião...

15º Domingo do Tempo Comum – Mt 6, 7-13 – 15 de julho de 2018

julho 15, 2018

julho 15, 2018

A experiência de Jesus na sinagoga de Nazaré foi muito desagradável. Fora admirado pelos conterrâneos por causa de sua sabedoria...

Quarto Domingo da Páscoa – Jo 10, 11-18 – 22 de abril de 2018

abril 19, 2018

abril 19, 2018

Este domingo recebe uma denominação peculiar: o domingo do bom pastor. Outra menção desse domingo é o chamado par que...